Documento de trabalho

Subvenções em dinheiro às Empresas Manufactureiras após o Ciclone Idai

Evidência resultante de ECA relativa a Moçambique

Em Março de 2019, o Ciclone Idai atingiu o centro de Moçambique e causou danos generalizados, incluindo aos negócios no sector empresarial. Utilizamos dados de painel e um ensaio controlado e aleatorizado (ECA) para estimar o impacto de subvenções incondicionais em dinheiro nas microempresas e na sua recuperação.

Verificamos que, em média, as subvenções em dinheiro tiveram
um efeito positivo na receita, nos lucros e na poupança das empresas, bem como na probabilidade de repararem o telhado. O dinheiro teve um impacto mais forte na cidade que sofreu maiores danos (Beira) em comparação com o local menos afectado (Chimoio) e foi particularmente eficaz no que respeita aos carpinteiros.

Estas conclusões indicam que o acesso a financiamento é de vital importância para a
recuperação das empresas após catástrofes.

Descarregar o IGM Project Paper 2021/6 aqui:

IGM Project Paper 2021/6: Subvenções em dinheiro às Empresas Manufactureiras após o Ciclone Idai - evidência resultante de ECA relativa a Moçambique


NB. Esta é uma versão traduzida do WIDER Working Paper 87/2021 (em inglês).